PLANO DE RESPOSTA AO COVID-19

Temos um futuro de oportunidades no campo e nas florestas, nas mãos dos pequenos produtores e extrativistas. Mas, neste momento, precisamos mitigar os impactos da pandemia do coronavírus sobre os negócios comunitários que alimentam o país e protegem nossas riquezas naturais.

Veja aqui o que estamos fazendo e como você pode participar

 

O que vamos fazer

Junto com nossos parceiros do Comitê Gestor do Fundo Iratapuru, montamos um Plano de Resposta Socioambiental aos impactos que a pandemia de coronavírus terá na vida dos comunitários das comunidades ribeirinhas e quilombolas do entorno da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru- RDSI.

Chamada Emergencial

A Chamada Emergencial do Fundo Iratapuru vai apoiar as Comunidades Tradicionais em torno da RDSI no enfrentamento da pandemia através de um projeto no valor de até R$ 150 000,00 (Cento e cinquenta mil reais) para uma instituição que promova ações em efeito guarda-chuva para todas as comunidades que o território do Fundo Iratapuru aborda.

logo-01_edited.png

O Brasil que já percorria um momento difícil em termos de direitos e acessos a serviços básicos, se vê agora diante de mais um desafio: atravessar a pandemia da COVID-19 com medidas que

contemplem ações sanitárias de combate, detenção e prevenção ao avanço do vírus e suas consequências ao sistema de saúde e a garantia aos direitos básicos.

No contexto geral nas regiões mais distantes, os povos da floresta ficariam protegidos pela distância dos centros urbanos. Mas, à medida que o vírus entra nas comunidades, a disseminação tende a ser muito rápida. Por causa de desvantagens econômicas, sociais de acesso à saúde e saneamento, além do modo de vida coletivo e da prevalência de doenças, como hipertensão e outras infecções respiratórias, as populações tradicionais que vivem na zona rural podem ser consideradas grupos de risco para a pandemia. Se o novo coronavírus entrar nessas comunidades, pode se espalhar de forma muito rápida e dificilmente poderá ser contida.

 
 
logo-01_edited.png

Itens Financiáveis

São itens passíveis de financiamento, no âmbito do Projeto apresentado:

Itens Financiáveis

A - Divulgação, mobilização e organização comunitária para atividades do projeto;

B - Despesas com pessoal ligado diretamente ao Projeto;

Itens Financiáveis

C - Material de saúde: termômetro e pulso oxímetro;

D - Garantia do direito à alimentação, higiene e limpeza;

E -  Saneamento básico – como acesso a água;

Itens Financiáveis

F - Transporte emergencial e serviços de logística para retorno a locais de moradia com segurança, distribuição de alimentos, produtos de higiene, saúde e medicamentos para proteção de comunidades e grupos vulneráveis;

Não será passível de financiamento qualquer projeto que não esteja relacionado a Situação de enfrentamento da COVID-19 no território.

 

Onde vamos chegar?

Vamos beneficiar aproximadamente 350 famílias impactando diretamente 2000 vidas comunitárias do entorno da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Iratapuru-RDSI distribuídas em sete comunidades: Santo Antônio da Cachoeira, Padaria, São José, São José do Cupixi, Distrito do Cupixi e São Miguel do Cupixi.

Onde chegamos?

Acesse ao link ou clique na imagem para ter acesso ao Relatório de enfrentamento à pandemia de COVID-19

Design sem nome.png